memento_mori_cover

O Gemini Syndrome ainda é uma banda não tão conhecida em nosso país. Mas talvez esse quadro se altere com o lançamento de seu novo álbum, “Memento Mori”.

Tudo bem, o titulo do disco é uma das frases mais clichês que existem no Rock/Metal, mas nem isso ofusca o bom trabalho que a banda americana fez neste que é seu segundo álbum de estúdio, sendo que o primeiro registro da banda foi “Lux”, lançado em 2013.

Antes de qualquer coisa, é de se ressaltar o trabalho gráfico da capa do álbum, além da boa produção e mesmo a qualidade das letras e composições da banda em “Memento Mori”, o que já é um ponto a favor destes americanos.

Já a sonoridade do Gemini Syndrome é principalmente o Rock Alternativo, mas com um senso melódico maior, quase que às vezes esbarrando em alguns traços de Hard Rock. Mesmo aqueles que não são fãs do estilo, podem vir a apreciar o que a banda apresenta nesse disco.

Como destaque temos faixas ganchudas como “Anonymous”, “Remember We Die” (ambas as faixas tornaram-se clipes), “Gravedigger” (essa até com um quê de um Korn bem mais melódico), “Sorry Not Sorry” e “Awaken”. E ainda temos algumas que puxam para um lado comercial, como “Zealot” e “Say Goodnight”, mas que mesmo assim são composições acima da média.

Mesmo não sendo um dos estilos de mais sucesso no Brasil, principalmente no pessoal “das antigas”, é fato que o Gemini Syndrome não é uma banda de se desprezar. Agora, se a música Alternativa faz sua cabeça, o que está esperando para conhecer uma das melhores bandas do estilo na atualidade?

 

Nota: 8,0

Formação:

AARON NORDSTROM – vocais

BRIAN STEELE MEDINA – bateria

ALESSANDRO PAVERI – baixo

DANIEL SAHAGÚN – guitarra

CHARLES LEE SALVAGGIO – guitarra

15 Faixas – 50:45

Tracklist:

  1. Anonymous
  2. Remember We Die
  3. Zealot
  4. Gravedigger
  5. On Point
  6. La Devastante Veritá
  7. Sorry Not Sorry
  8. Eternity
  9. Alive Inside
  10. Inception
  11. Lucido Somnium
  12. Say Goodnight
  13. Awaken
  14. Ordo ab Chao
  15. Brought To Light

band_photo