6272_861316257295975_8052900411411076933_n

Apesar deste ser apenas o primeiro álbum da banda paulista,  O Higher, que tem em suas fileiras Cezar Girardi (vocal), Gustavo Scaranelo (guitarra), Felipe Martins (guitarra), que entrou na banda após a gravação, Andrés Zúñiga (baixo) e Pedro Rezende (bateria) não é nenhuma iniciante no ramo musical. Os músicos já possuem uma vasta experiência, não somente no Metal, mas também em outros gêneros musicais.
Cesar Girardi e Gustavo Scaranelo inclusive fundaram a finada Second Heaven há exatos 20 anos. E depois de um longo tempo de estudos e outros caminhos, novamente encontraram-se no Metal, agora com a formação da banda Higher.

E ai chegamos a seu auto-intitulado debut, contendo nove faixas do mais puro Metal, onde, até mesmo pelo histórico mais abrangente dos músicos, não vemos influencias de grupo X ou Y, mas sim um disco com sonoridade própria, sem prender-se a rótulos, apesar de ser essencialmente um álbum de Heavy Metal extramente pesado e com algumas nuances mais modernas.

Como destaques a ótima faixa de abertura “Lie”, que inclusive virou o vídeo de promoção de “Higher”, uma música com muito peso, mas ao mesmo tempo com boas harmonias e melodias, mostrando toda a criatividade e capacidade dos músicos. “Climb The Hill”, que foge um pouco dos estereótipos do gênero, com mudanças em seu andamento, ótimos solos e riffs de guitarra e harmonias vocais, que evidencia a experiência de seus músicos com o Jazz. Não há como deixar de lado a “quebra-pescoço” “Keep me High” (pusta riff legal)  e “Break the Wall”, música mais cadenciada (me recuso a chama-la de balada), mas que possui um solo fantástico de Gustavo Scaranelo e não deixa o peso de lado, algo constante durante todos os quarenta minutos de duração de “Higher”

Destaque também para a ótima produção do disco, que ficou nas mãos de Thiago Bianchi, e a capa, mais um ótimo trabalho do artista Carlos Fides, que segundo os próprios integrantes reflete o conteúdo das letras e a ideologia por trás de “Higher”

Ficamos na expectativa de um próximo disco da banda e que mantenham a pegada para assim termos mais um grande nome do Metal nacional em nossas fileiras…

 

Nota: 8,5

Faixas:

1- Lie
2- Illusion
3- Keep Me High
4- Climb The Hill
5- Like The Wind
6- Break The Wall
7- Time To Change
8- Make It Worth
9- The Sign