Noturnall 2015

O cenário nacional nunca foi fácil para as nossas bandas, ainda mais se compararmos com as estrangeiras, então sempre é bom ver um grupo que ultrapassa as fronteiras e coloca seu nome no Metal. O Noturnall, em seu pouco tempo de vida, já lançou dois álbuns e um DVD, fez turnês tanto pelo Brasil quanto lá fora, e ainda terá o privilegio de apresentar-se no Rock in Rio deste ano, feito que talvez consolide seu nome de vez na memória dos bangers deste nosso país. Para falar sobre toda a carreira da banda realizei esta entrevista com o guitarrista Leo Mancini, confiram que vale a pena…

 

Vicente – Inicialmente, conte-nos como surgiu a ideia de formar a banda, e como chegaram ao nome Noturnall?

LÉO MANCINI – A banda Shaman estava em fase de gravação do novo trabalho. Após algumas diferenças de pensamento em relação a objetivos e estilo de som, resolvemos nos separar. Como o som estava totalmente diferente do estilo do Shaman, resolvemos assumir um novo nome. Era a hora de seguir em frente sem olhar para trás. Nós pensamos no nome Noturnall como uma abreviação do termo “No turn at all”. Isso significava para nós que não haveria volta.

Vicente – A banda já surgiu com a pecha de super grupo do Metal nacional. Como é lidar com isso, visto que acarreta muito mais responsabilidade do que com outras bandas iniciantes?

LEO – Acho o termo “super grupo” uma forma de ressaltar a trajetória da carreira dos membros da banda. Então nos sentimos gratificados pela forma como os apreciadores de metal nos enxergam.

A única responsabilidade que temos é com a música. Fazer o som para o mercado ou para que te respeitem mais é falsificar o que há dentro do músico e artista. Música boa é aquela que te feliz. Ficamos extremamente felizes quando as pessoas curtem nosso som, pois fazemos tudo com muita dedicação e amor.

Vicente – A banda lançou ano passado o álbum “Noturnall”. Como foi a gravação e composição do mesmo?

LÉO – Os mentores das composições são Fernando Quesada e Thiago Bianchi.

Incrível a quantidade de idéias melódicas e riffs que surgem. Depois que as composições estão com melodias e estrutura entram a parte de intrumental comigo, Juninho e Aquiles. Ai a música ganha o progressivo e tudo pode acontecer.

E aconteceu. Sentimos que criamos algo único e que respeita o que pensamos musicalmente.

A gravação foi feita no estúdio Fusão de Thiago Bianchi que assina a produção com Russell Allen e Fernando Quesada.

Capa Noturnall

Vicente – E o retorno dos fãs e da mídia especializada, foi o esperado pela banda, ou superou as expectativas?

 

LÉO – Trabalhamos e investimos muito para a Noturnall ter uma boa exposição.

Tivemos o que merecemos pelo que plantamos.

Vicente – O disco tem a participação mais que especial do mestre Russell Allen. Como foi trabalhar com o cara?

LÉO – Trabalhar com uma pessoa que você admira é incrível. Além de nos agraciar com sua voz, tivemos toques muito legais da produção vocal em estúdio.

Ele é um cara simples e acessível. Foi muito fácil trabalhar com ele o que ajudou para chegar a um trabalho de qualidade.

Vicente – E na esteira do sucesso de “Noturnall” saiu também o DVD “First Night Live”. Conte-nos um pouco sobre a gravação deste show especial realizado pela banda.
LÉO – Parecia loucura, fazer o DVD do primeiro show da banda. Estávamos todos ansiosos e, ao mesmo tempo, com aquele friozinho na barriga.

Tocar as músicas ao vivo pela primeira vez, com a casa lotada, sem repetir música, pois tínhamos horário para entregar o local, confiar na equipe de som, equipamento, iluminação, captação de som… Tem que ter um psicológico bom.

No dia do show, Juninho, eu e o Fernando tivemos algo que parecia uma virose (risos).

O show foi beneficente para as casas HOPE. Foi uma forma de realizar uma promessa de Bianchi, que se curou de um câncer no mediastino. Ele havia prometido fazer um show beneficente a crianças com câncer e cumpriu com mérito.

Fazer um som com Russell foi, desculpe a falta de adjetivos formais, de foder !!! Impecável e de uma presença incrível.

Graças a Deus tudo correu bem, com alguns imprevistos, mas nada que tirasse o brilho desse dia especial.

Capa Back To Fuck You Up_Noturnall_Low

Vicente – E logo os fãs da banda vão ser presenteados com o seu segundo disco, chamado “Back to F*** you Up” certo? O que vocês têm a dizer sobre este novo petardo, quais as principais diferenças para os álbuns anteriores?
LÉO – O cd se chama “Back to F*** you up” e segue na mesma linha de composições do primeiro, maaaaas está mais pesado e com muuuuuuuitas mais notas (risos) Os caras estão tomando energético (risos).

Vicente – Noturnall está confirmado como uma das atrações do Rock in Rio 2015. Como foi receber este convite?
LÉO – Um sonho realizado!!! É um sentimento único e que não tem preço! Estamos felizes e ansiosos para fazer o melhor show das nossas vidas!

Vicente – Vocês já fizeram turnês por todo o Brasil e também no exterior? Como foram estes shows e a receptividade do público, tanto aqui quanto lá fora?
LÉO – Fizemos Brasil e Europa. Tivemos grande receptividade em ambos continentes. Aqui no Brasil vimos o quanto ainda existem amantes do metal com sede de música e fazendo e tirando o melhor da banda, tanto musicalmente como na empolgação!

Na Europa fomos tratados sempre com muito respeito e o público ficava estático prestando atenção nas músicas. Ao final de cada música faziam altos gritos e aplausos, mas durante as músicas… Concentração !!! Muito legal conhecer outras culturas e formas de apreciação musical!

Vicente – Além do novo álbum, quais são os planos do Noturnall para o ano de 2015?
LÉO – Estamos focados no Rock in Rio e no lançamento do novo trabalho.

Próximos passos: Videoclipes, Shows da nova tour e RiR !!

Vicente – Em poucas palavras, o que pensa sobre as seguintes bandas:

Megadeth: LÉO – Feliz em ver um super guitarrista brasileiro sendo reconhecido, merecidamente, pela sua música, dedicação e foco. Eu torço e admiro muito o Kiko e comemoro cada conquista dele.

Pantera: LÉO –  Inspiração!

 

Dr. Sin: LÉO –  Amigos, super músicos e companheiros de ROCK !!!

Metallica: LÉO – Mestres da indústria musical levando o metal a massa!

Symphony X: LÉO –  Super músicos! Influência para várias bandas que estão surgindo!

Vicente – Uma mensagem para os fãs e amigos que curtem o trabalho da banda Noturnall e apostam na música nacional.

LÉO – Música é universal! Rotulem menos e escutem com o coração. Nacional ou Internacional não importa. O que importa é saber admirar quando o som é bem feito. E bem feito é quando te traz bons momentos.

Abração pessoal!!!
Mais informações:
http://www.noturnall.com

http://www.facebook.com/noturnall

http://www.twitter.com/noturnall

http://www.youtube.com/noturnallofficial