avg32

Uma das primeiras bandas, cujo som era o Gothic Metal que surgia com força na segunda metade da década de 90, que escutei com mais afinco foi o The Gathering, que contava com a belíssima voz da vocalista Anneke van Giersbergen. Após alguns anos na banda, ela prosseguiu seu caminho na música com o Agua de Annique e sua carreira solo, além de participar de gravações com grupos dos mais variados estilos, como Anathema, Moonspell, Napalm Death, Ayreon etc… Com sua voz cada vez mais afiada, Anneke irá realizar dois shows no Brasil em Março de 2013 (São Paulo e Rio de Janeiro), então aproveitei para realizar esta entrevista com a musa. Mesmo numa conversa rápida, Anneke demonstra uma simpatia sem igual, e felicidade por poder finalmente apresentar sua nova fase no Brasil, onde certamente irá realizar shows inesquecíveis para quem for conferir…   

 

Vicente – Você vai tocar no Brasil em Março. O que você espera desse show aqui? E o que os fãs podem esperar da Anneke?

Anneke van Giersbergen – Ah, eu estou realmente ansiosa! Não posso esperar para desfrutar o sabor de algumas comidas brasileiras (risos)

Vou trazer minha banda de 6 integrantes maravilhosos e vamos realizar um grande show com um set list variado, com muitas músicas do “Everything is Changing” e um monte de clássicos também!

 

avg10Vicente – Você já ser apresentou em muitos países pelo mundo em todos estes anos. Você acha que esses dias são melhores ou piores para as bandas em geral?

Anneke van Giersbergen – Para ser honesta, eu gosto de fazer o que eu faço tanto quanto há 10 anos atrás, quando tudo era diferente. As coisas mudam, sempre existem coisas boas em tudo e eu ainda continuo a gravar álbuns e fazendo shows pelo mundo. Você usava a turnê para promover seu álbum e, hoje em dia, você faz um álbum para ser capaz de estar em turnê (risos).

 

Vicente – Você está em processo de composição do seu novo álbum, certo? Você pode nos contar um pouco mais sobre isso? Qual é o seu próximo objetivo?

Anneke van Giersbergen – Eu já escrevi uma boa quantidade de músicas com diferentes pessoas nestes últimos meses e começamos a gravar algumas sessões no mês passado. Eu não tenho certeza de como tudo vai se desenvolver, mas o som será muito mais orgânico e vivo!

 

Vicente – Qual você acha que vai ser a maior diferença entre este novo álbum para o seu anterior, “Everything isavg30 Changing”?

Anneke van Giersbergen – Eu acho que ele vai soar um pouco menos produzido e mais orgânico. É por isso que eu pretendo gravar tudo junto com minha banda, como se fosse ao vivo.

 

Vicente – “Feel Alive” tornou-se um vídeo simples, mas bonito. Como foi a gravação?

Anneke van Giersbergen – Eu e o diretor tínhamos um monte de idéias para esse vídeo. Começamos o dia com um close-up meu cantando a música e depois de conferir o resultado o diretor disse: vendo você cantar de perto é tão poderoso, vamos nos ater a essa idéia. Foi assustador, porque nós queríamos filmar um vídeo totalmente diferente, mas no final, eu estou contente que nós decidimos mudar os planos.

 

Vicente – Quando você começou na música, quais foram as suas maiores influências, que te inspiraram a seguir a carreira artística?

Anneke van Giersbergen – Quando adolescente eu era uma grande fã do Prince e da Madonna, mas meus pais ouviam muito os álbuns clássicos dos Beatles e Rolling Stones também. Meu irmão mais velho me apresentou ao metal!

 

Vicente – Por fim, deixe uma mensagem para todos os brasileiros que realmente amam sua carreira e sua música.

Anneke van Giersbergen – Fiquei muito chateada quando nossa turnê na América Latina com o Anathema em 2011 não chegou ao Brasil, por isso estou muito, muito feliz, vamos voltar em 2013! Eu amo vocês!

Anneke XxX

 

Clipe “Feel Alive” :  http://www.youtube.com/watch?v=b2FPxUROlPA

avg31