Tags

, , ,

Banda

Krenak

Local

Ceará

Gênero

Death Metal

Ano de Formação

2004

O Death Metal sempre fui um dos principais estilos no Brasil, vide a quantidade e a qualidade de bandas existentes, e o Krenak com certeza ajuda para que o estilo continua em alta no país. Formado por David Barroso (Guitarra), Rarison Hoff (Guitarra), Ítalo Leitão (Bateria) e Felipe Ferreira (Vocal, Baixo) que concedeu esta entrevista exclusiva para o blog…

Vicente – Após 8 anos de banda, qual a avaliação que faz da trajetória do Krenak?

Felipe Ferreira – Bem, esses 8 anos foram bem intensos para a banda, tanto produzindo material novo, como participando de eventos locais e nordeste afora. Tivemos algumas alterações de “line-up” ao longo desses anos, no entanto atualmente estamos em nossa formação mais sólida, acredito.

Vicente – Vocês lançaram este ano seu primeiro disco “Decimation”. Como foi a gravação do mesmo? O resultado final foi satisfatório?

Felipe Ferreira – “Decimation” foi gravado, mixado e masterizado em parceria nossa com André Noronha, músico de longa data que tem mergulhado em águas profundas no que se trata de produção musical. André procura sempre ser o mais profissional possível em seu trabalho, que sempre resulta em algo brilhante; “Decimation” é nosso ponto de partida, e estamos bastante satisfeitos com ele sim, assim como vários dos nossos fãs que retornam suas opiniões positivamente a respeito do que ouviram.

Vicente – Pessoalmente era o que pretendiam alcançar?

Felipe Ferreira – “Decimation” foi um grande primeiro passo em nossa carreira. Desde o início das composições tínhamos uma boa noção de que aquelas músicas surtiriam um grande efeito, cada música concluída era de grande satisfação para nós.

Vicente – Qual a principal diferença do “Decimation” para as Demos anteriores?

Felipe Ferreira – Primeiramente, as Demos anteriores apresentavam o formato trio, e em “Decimation” somos um quarteto. As Demos também não contaram com um trabalho mais acurado de produção, em minha opinião, muito por falta de experiência de nossa parte, o que em “Decimation” teve um cuidado especial.

Vicente – Gostei especialmente das faixas “Decimation” e “Dead Nature”. Quais são as suas favoritas do disco, aquelas que sabem que não podem ficar de fora dos shows da banda?

Felipe Ferreira – Cada música nesse álbum tem algo de especial para mim. No entanto, quando se trata de elaborar um repertório para shows, “Possessed”, “Dead Nature” e “Decimation” são obrigatórias para toda a banda!

Vicente – Como avaliam o cenário para as bandas nacionais nesse momento? Há mais espaço para divulgação e realização de shows, ou não houve nenhuma mudança substancial nesse sentido?

Felipe Ferreira – Muito tem mudado positivamente em âmbito local e nacional. Acredito que a internet tem realizado papel fundamental no sentido de encurtar as distâncias de um país continental como o Brasil. Hoje, temos acesso diário a informações sobre bandas, produtoras, festivais, parceiros e até amigos que fizemos pela estrada, o que mantém o contato bem vivo. Hoje temos uma casa aqui em Fortaleza que tem abrigado eventos semanais de metal, o GRAB clube, eventos tanto locais como até internacionais (a banda Assassin se apresentará nesse palco). O Krenak está agendando uma turnê pelo nordeste em novembro, serão 7 shows em dois fins de semana, o que sinaliza que a nível local e de nordeste, estamos de vento em popa!

Vicente – Quais são as suas principais influências?

Felipe Ferreira – Krenak respira Death Metal. Gostamos de nos influenciar por tudo o que é feito sob o nome de Death Metal no mundo.

Vicente – Em poucas palavras, o que acha das seguintes bandas:

Deicide: Puta influência, certeza! Um dos nossos guitarristas se chama Rarison Hoff, de tão pirado nos irmãos Hoffmann que o cara é!

Krisiun: Desbravadores, criadores de um estilo, grandes norteadores do trabalho do Krenak! Hail Krisiun!!

Cannibal Corpse: Outra grande entidade, nosso outro guitarrista David Barroso é fã incondicional da banda!

Nile: Uma das minhas maiores influências! Muita originalidade, combinada com o que há de mais extremo no mundo do death metal!!

Six Feet Under: Grande mestre dos vocais Chris Barnes, SFU muthafuckazz!!

Vicente – Uma mensagem para os fãs e amigos que curtem o trabalho do Krenak e para aqueles que gostariam de conhecer melhor seu som e apostam no Metal nacional.

Felipe Ferreira – Gostaríamos de agradecer a você, Vicente, por mais essa oportunidade de divulgarmos nosso trabalho! Aos fãs que não conhecem nosso trabalho, acessem www.myspace.com/krenakband, lá tem algumas músicas do debut “Decimation”! Aos fãs que nos conhecem, nos vemos na estrada! THE TIME TO DECIMATE IS NOW!!