Tags

,

Banda

Evelyn

Local

Polônia

Gênero

Atmospheric Black/Gothic Metal, Industrial

Ano de Formação

2002

De certa forma, até mesmo para mim foi uma surpresa poder entrevistar esta banda, ainda mais sendo originária da Polônia. Mas como começamos a conversar no Myspace, decidi que seria bacana entrevistá-los, até mesmo por que o som deles é muito bom, diferente da maioria. Ainda pouco conhecidos no Brasil, é dificil rotulá-los, então o negócio é tentar conhecer a música do Evelyn. Podem escutá-los no Myspace, e tenho convicção de que não se arrependerão, principalmente quem gosta de um som mais Atmosférico, com grandes doses de Gótico, Industrial e até um pouco de Black Metal (mais notadamente no vocal de algumas faixas). Formada por Alexa (vocal), Asteria (teclados) e Chorus (guitarra), com quem fiz a entrevista. Conheçam um pouco mais sobre o mundo de Evelyn. 

Fale um pouco sobre a banda e os seus 10 anos de existência

Chorus: Nos chamamos Evelyn, somos da Polônia, e estamos na ativa desde 2002. A banda foi formada por mim, Chorus (guitarra), e Asteria (teclados), motivados pela criação da música que gostamos e nos expressarmos através dela. Nossa música é uma mistura de Metal e Eletrônico. Nos definimos como Atmospheric Metal com algumas partes mais Industrial.

Vocês lançaram seu novo álbum, The Key to Understanding Suicides (2012). Como está a divulgação? Quando e onde ele foi gravado?

Chorus: Nosso novo álbum foi gravado entre 2010-2012. Gravamos cada música separadamente, nos focando inteiramente em cada uma, colocando assim todo nosso coração e envolvimento nelas. Queríamos que cada música tivesse uma sonoridade distinta, e fossem bem produzidas. O álbum foi gravado no Metal Sound Studio in Świebodzin (pequena cidade polonesa de 20 mil habitantes). Foi lançado e está sendo vendido por nós. Entretanto, ainda estamos batalhando por uma gravadora oficial, vamos ver o que acontece.

Além do novo disco, vocês tem outros dois, Awareness of Death (2008), Assertivity (2006), além de alguns Singles e Demos. Conte-nos um pouco sobre cada um deles.

Chorus: Nossa primeira gravação foi Instrumental Demo (2003), três faixas instrumentais que podem ser definidas como Gothic Rock/Metal. A próxima Demo, intitulada Schizophrenic Key (2004), incluem quatro faixas, dessa vez com vocal. Nessa gravação o som está mais pesado, podendo ser definido como um Gothic Metal com vocais Black Metal. Ai gravamos nosso primeiro full lenght, Assertivity (2006), com uma qualidade e complexidade bem maior que nas Demos. Em 2008 surgiu Awareness of Death, com uma nova vocalista, Alexa. Nesse disco se pode ouvir partes mais eletrônicas e industriais. Considero ainda mais complexo que o anterior. Foi produzido e lançado por nós mesmos como usualmente. E no último, The Key to Understanding Suicides (como mencionado anteriormente), gravamos cada música separadamente, os Singles “Catatonic Euphoria”, “Suicidal Melancholy” aparecem neste disco. Posso afirmar que nossa música continua evoluindo, e estamos felizes com o resultado.

O som do Evelyn é diferente. Os teclados surgem tocando melodias suaves quando de repente surgem grandes riff’s de guitarra e um vocal desperado. A mistura de Atmospheric com Black e Gothic Metal e as músicas extremamente longas são a essência do Evelyn. Desde o ínicio a banda procura este som? 

Chorus: Nós sempre quisemos agrupar os sons melancólicos com os agressivos, fazendo dessa forma uma música criativa. Apenas não podemos ajudar na parte das músicas serem longas (rs). Hoje em dia não creio ser capaz de fazer músicas curtas. Queremos evoluir sempre e, conseqüentemente, tocar músicas mais complexas.

Vocês utilizam bateria eletrônica (que soa muito boa, por sinal). Vocês não pensam em ter um baterista de verdade no futuro?

Chorus: A bateria eletrônica é nossa marca registrada, é parte de nosso som. Não iremos ter um baterista de verdade, até mesmo porque nenhum conseguiria reproduzir o som atingido pela bateria eletrônica. Atualmente é o que procuramos – uma agressiva percussão industrial.

Como está a cena na Polônia para o Rock e o Metal?

Chorus: A cena na Polônia é  altamente dominada pelo clássico Black/Death Metal, mas está começando a mudar. Recentemente tem aparecido com força o Metal Core, além de gêneros similares. Temos realmente poucas bandas tocando Atmospheric Metal ou Gothic na Polônia. Essa cena é realmente pequena. Muitas bandas de Rock e Metal em nosso país existem sem o apoio das gravadoras. Em geral, as condições de vida na Polônia são difíceis, talvez esse seja um dos motivos.

O que vocês conhecem do Rock e Metal no Brasil?

Chorus: A banda mais popular na Polônia é o Sepultura. Para ser honesto, não conheço tão bem a cena brasileira.

 

Quais as maiores influências para o Evelyn? 

Chorus: Na música do Evelyn as maiores influências são o Gothic Metal/Rock, Melodic Metal, Death Metal, Black Metal. Posso mencionar bandas como: Sentenced, Theatre of Tragedy, Fields Of The Nephilim. Nossa música mais recente é muito influenciada pela música eletrônica – Dark Electro, Industrial, Ambient.

 

Finalmente, deixe uma mensagem para todos os Brasileiros que conhecem ou querem conhecer mais do som da banda Evelyn.

Chorus: Vocês podem visitar nossos perfis na web, podemos ser encontrados no Myspace, Youtube e Facebook. Nossa música vem direta do coração, e isso não mudará. Saudação a todos os fãs de Rock e Metal do Brasil.

Discografia:

Instrumental Demo – Demo – 2003

Schizophrenic Key – Demo – 2004

Assertivity – Full Lenght – 2006

Awareness of Death – Full Lenght – 2008

Suicidal Melancholy – Single – 2010

Catathonic Euphoria – Single – 2011

The Key to Understanding Suicides – Full Lenght – 2012

Contatos: http://www.myspace.com/evelynmetalpl 
http://www.youtube.com/Evelynpoland
http://www.facebook.com/pages/Evelyn/50814615341