Entrevista com a Banda JackDevil (Maranhão)

Foto Promocional 1

Hoje a entrevista é com esta banda maranhense de Thrash Metal, que tem colecionado comentários extremamente positivos de seu disco “Under the Satan Command”, e vem construindo seu nome pelo som de qualidade que executam. Se mantiverem o foco e os objetivos sempre em mente, com toda certeza a JackDevil irá escrever seu nome na história do Metal nacional. Quem concedeu esta entrevista foi o Vocalista/Guitarrista André Nadler, que fala sobre a banda e demonstra alegria com os resultados até hoje alcançados, mas sempre mantendo os pés no chão. Confiram e quem quiser pode abaixar “Under the Satan Command” na página do Facebook da banda: http://www.facebook.com/jackdevilband

 

Vicente – Como vocês avaliam a trajetória do JackDevil? Como foi o começo da banda?

André Nadler – A trajetória da JACKDEVIL, apesar de curta, já conta com muitos fatos interessantes. Apesar do pouco tempo, 2 anos apenas, já passamos por diversas coisas, momentos bons e ruins, acho que como toda banda.

A JACKDEVIL ultimamente, não sei se por sorte ou por mérito, vem ganhando bastante espaço e atenção das pessoas e só nos resta agradecer por este carinho que as pessoas estão passando a ter com a nossa banda. Durante a história de cada banda surge muita gente para derrubar, falar mal, debochar e tentar te rebaixar, mas o importante é estar sempre focado no trabalho e manter a união entre os integrantes, acho que isso é o que realmente faz a diferença.

Quanto ao início da banda foi tudo bem rápido, quando nos espantamos já estávamos com a formação completa e em 3 meses de longos ensaios estávamos gravando o “Under The Satan Command”. O tempo passa rápido e já estamos agora com apenas um mês para o lançamento do novo álbum. Orgulhamos-nos demais de cada momento passado com esta banda.

Vicente – Vocês lançaram “Under the Satan Command”, com uma nova roupagem que a Demo anterior de mesmo nome. Como rolou essa gravação e quais as principais mudanças que realizaram nas músicas?

André Nadler – A qualidade é notada facilmente. Organizamos melhor o som e remixamos todo o trabalho dando uma nova vida ao mesmo. Outra coisa bem legal foi que o “Under The Satan Command” ganhou uma capa que gostamos muito, e que com certeza vai marcar a JACKDEVIL por muito tempo.

Vicente – E a resposta do pessoal, tem sido a que vocês imaginavam?

André Nadler – Na verdade esperávamos menos, muito menos. A gente nunca imaginou que em menos de 3 meses nosso clipe com a música de trabalho deste álbum, “Under The Metal Command”, iria estar com mais de 13 mil visualizações no site youtube.

Todo dia em que ligamos o computador e acessamos as mídias da banda sentimos uma enorme felicidade de ver as pessoas elogiando, divulgando e apoiando este trabalho.O “Under The Satan Command” será um CD que nos marcará para sempre, o primeiro passo de tudo.

DSC_914a8Vicente – O disco possui grandes músicas, como “Thrash and Die” e “Road to Hell”, mostrando com toda força o som da banda, aquele Thrash Metal com algumas influências de Speed e Heavy Metal. Vocês descreveriam o som do JackDevil dessa forma, para quem ainda não conhece a banda?

André Nadler – Quando montamos a banda esta foi uma de nossas maiores preocupações, a maneira na qual faríamos as pessoas conseguirem captar a verdadeira intenção do nosso som, da nossa proposta musical. Mas com o tempo estamos vendo que não tem muito segredo mesmo e acertamos na fórmula de explicar e é tudo bem simples, a JACKDEVIL é simplesmente a fusão do NHOBHM (New Wave of British Heavy Metal) com o Thrash Metal produzido na Bay Area nos anos 80. É claro que o “jeito” brasileiro de se fazer Heavy Metal aos moldes do Sepultura, Korzus e outras bandas também fazem parte de nossa essência, mas é como dizemos, é só ouvir que você irá entender facilmente o que é a JACKDEVIL.

Vicente – Vocês colocaram o material para download. Qual o principal motivo para tal, já que este é um ponto extremamente controverso na música hoje em dia?

André Nadler – Realmente, as opiniões se dividem quando a questão é “download”, mas tentamos ver o que seria melhor para gente naquele momento e de fato acertamos até porque até o momento mais de 5.000 pessoas já baixaram o “Under The Satan Command”, e isso já nos deixa com a sensação de trabalho cumprido, até porque quanto mais pessoas nos conhecerem melhor.

Vicente – Quais são os objetivos da banda para 2013?

André Nadler – Logo no primeiro dia do ano novo, no dia 01/01/2013 (Esta entrevista foi realizada antes, em meados de Dezembro), iremos lançar o “Faster Than Evil” que é o nosso novo material que já está gravado e se encontra em processo de finalização. Fora isso nós iremos fazer uma tour realizada pela Cronos Produções e com apoio da R&F Divulgações. Fora isso a JACKDEVIL irá ter a cobertura oficial da Wargods Press que irá fazer a divulgação do material da banda oficialmente.

Vicente – Muito se fala sobre os diversos problemas da cena Metal no Brasil. Qual avaliação que vocês fazem da mesma, acreditam que ela melhorou, piorou ou está estagnada?

André Nadler – O Heavy Metal em nossa opinião vive sempre dentro de um ciclo onde acaba sempre oscilando, hora está em alta, hora está um pouco mais moderado, porém nunca morre de vez. Este ano tivemos aqui mesmo em nossa cidade o triste fato de um evento muito promissor que era o Metal Open Air acabar sendo um grande furo, mas como dizemos o Heavy Metal nunca morre e permanece intacto a qualquer problema. Acreditamos também que vivemos um momento onde o Heavy Metal brasileiro ameaça criar uma nova levada de bandas e voltar ao seu auge, uma espécie de “New Wave of Brazilian Heavy Metal, então vamos cruzar os dedos e esperar que tudo dê certo e o metal pesado no Brasil se torne cada vez mais uma realidade na vida de nós brasileiros.

Vicente – Quais são as suas maiores influências?DSC_9189

André Nadler – Ouvimos bastantes coisas, mas sempre citamos duas bandas em espécifico: o Slayer e o Metallica. Ambos os grupos na época de seus primórdios. O Show no Mercy e o Kill ‘Em All são álbuns que não saem de maneira nenhuma das prateleiras dos integrantes da JACKDEVIL.

Vicente – Em poucas palavras, o que acham das seguintes bandas:

Slayer: Com certeza a banda que mais temos como inspiração. O Slayer é uma das bandas do Big Four que menos se desfigurou com o passar do tempo, pode ter lançado álbuns menos expressivos, mas o som continua hoje com a mesma intenção e peso de tempos atrás. Nosso álbum preferido em comum é o Show No Mercy, onde a banda dava o seu primeiro passo, mas até hoje ouvimos com muito prazer o trabalho do Slayer. O Slayer deveria ser usado como influência de muitas outras bandas por aí.

Angel Witch: Uma banda que poderia ter ficado mais conhecida, merecia muito mais reconhecimento, pioneiros no NWOBHM. O álbum que possui o mesmo nome da banda é incrível e com certeza é um álbum muito admirado por nós da JACKDEVIL.

Megadeth: Não somos extremamente fãs do Megadeth, mas admiramos de certa forma o trabalho deles e os primeiros álbuns são excelentes. O Ric Andrade é bastante fã do trabalho do Mustaine e do Friedman,

Sepultura: Uma referência para a nossa banda. O Sepultura é o tipo de banda que sempre olhamos com muita admiração e tentamos nos espelhar, pois a história dos caras é muito legal. A banda de Heavy Metal brasileira que mais longe chegou. Os primeiros cd’s com o Max, mais precisamente até o Arise, o Sepultura é uma banda fantástica. Sair do Brasil para o mundo não é para qualquer um. Esperamos um dia ter um décimo do que eles conquistaram.

Metallica: O primeiro álbum desta banda é de longe um dos álbuns que mais influenciaram a JACKDEVIL, o ouvimos constantemente para produzir o nosso primeiro trabalho. O Metallica com o Cliff Burton no controle era sensacional.

Até hoje ainda é uma grande banda apesar de ter lançados álbuns que poderiam nunca ter sido lançados como o St. Anger. Metallica é uma grande banda e um dos grandes ícones do Heavy Metal de todos os tempos.

Vicente – Uma mensagem para os fãs e amigos que curtem o trabalho do JackDevil e para aqueles que gostariam de conhecer melhor seu som e apostam no Metal nacional.

André Nadler – A mensagem da JACKDEVIL para todos vocês é bem simples, respirem o Heavy Metal todo dia, entrem nessa e não desistam. Achamos que o maior sinônimo para o Heavy Metal do Brasil é “batalha”, ”luta”, “força de vontade”. Não podemos deixar a nossa história virar ruínas, então sempre apóiem o que é criado e fabricado aqui em nosso país, pois não deixamos nada a desejar para o resto do mundo. De resto é isso aí galera, nos ajudem a divulgar e espalhar o material da JACKDEVIL para os quatro cantos deste país e do mundo todo, e obrigado a todos que nos ajudaram, ajudam e ainda irão ajudar a nossa banda. Valeu!

Jack Devil - Logo Nova PNG

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: